domingo, 10 de maio de 2009

Mãe


Obrigado meu Deus!
Por me colocar no caminho desse ser tão benevolente!
Que até diante da raiva, é amável!
Diante das minhas traquinagens, envolvente,
mostrando por exemplos seu lado mais amável.
Agradeço por ter essa dádiva que com um terno
olhar, educa e o mesmo, acaricia!
Sem precisar de gestos ou palavras em demasia
a não ser, aquela bem macia.
que conforta na derrota,
que enaltece na vitória
e me embala o sono.
Mãe, você é sim essa vida toda!
Feliz dia das Mães!

2 comentários:

Alessandra disse...

Lindo texto Edinho, tenho certeza de que essa mensagem vai entrar no coração de todos que a lerem e permanecer lá!
Parabéns a todas as Mães!

Alessandra

I. Carla disse...

Edinho, você realmente é epecial.
Obrigada.
..................................
Para as mães que amam com medo.

Os Filhos
(Do Livro "O Profeta")

Uma mulher que carregava o filho nos braços disse: "Fala-nos dos filhos."
E ele falou:

Vossos filhos não são vossos filhos.
São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma.
Vêm através de vós, mas não de vós.
E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vosso
pensamentos,
Porque eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;
Pois suas almas moram na mansão do amanhã,
Que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis fazê-los como vós,
Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas.
O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua força
Para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria:
Pois assim como ele ama a flecha que voa,
Ama também o arco que permanece estável.