sábado, 26 de dezembro de 2009

DANÇA DO AMOR

Agora eu sei, não há nada que
Possa impedir de sentir o que senti
Aquele furacão dentro de mim
Devastando-me
Tolhendo-me
Subjugando-me
Tal qual uma ave
Presa na armadilha
Armadilha do amor e da paixão
Sentimentos conflitantes
Sensações urgentes, prementes
Loucura que me invade
Penetra dentro de mim
Me faz gritar
Suspirar, até chorar
É uma dança que me envolve
De tal maneira forte
Que não há como parar
É a dança do amor
Que só tu sabes dançar...

(...) dança, dança menina!
o faça com a violência das águas do mar
ou a candura da água da mina.

(...)dança, dança menina!
Com a sutileza da valsa
Ou um tango a rigor.

(...)dança, dança menina!
Descubra em cada musica o ritmo eloquente do amor,
passo que só para quem vive e ama a vida ensina.

(...)dança, a dança do amor menina!

Escrita por: Alessandra e Edson Carvalho Miranda

3 comentários:

Poeta69 disse...

Dance mi amor...
Na dança te descubro....

Alessandra disse...

Ficou perfeita Edinho!!!! Adorei!!!
Beijos

Alessandra disse...

Olá Poeta69! Obrigada por estar aqui novamente conosco!
Beijo