domingo, 6 de dezembro de 2009

VONTADE



Ah! Às vezes tenho um desejo tão intenso
que para até o meu pensamento,
vontade louca de sair daqui,
conquistar novos horizontes,
deixar a minha antiga pele aí, como se
fosse um vestido usado...
E junto dele todos os meus tormentos,
os sentimentos inusitados, as tristezas,
os meus pecados.

Beber da fonte eterna a vida,
refazer o caminho percorrido,
deixando as mazelas ocorridas,
arremessar-me num novo desafio,
vencer as distâncias, barreiras e preconceitos,
conformar-me com a ausência, a falta,
a saudade...

Fazer da lembrança uma constante irreverente,
e do amor perdido seu eterno namorado.
Sentir-me, nem que for por um momento,
livre, imortal, sem um viver limitado...


Alessandra

Um comentário:

Poeta69 disse...

Isso se chama coragem....
É preciso coragem o resto rola.