quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Fotografias da Vida

Poucas palavras
dizem mais sobre o amor
do que mil imagens.

Em todo o seu resplendor,
fotografias vívidas
da vida ao vivo.

Reminiscências do que vivo,
sinto e vejo,
assim por meio de suas palavras,
poucas palavras,
me despertam o desejo.

Vejo uma imagem
de cumplicidade e amor.
Entre a máquina e doutor.

Diante de tantos sentimentos
desejos e afinidades
que desenham com pétalas,
cliques, gestos,
cores e licores.

Retrata assim
as mil formas
existentes de amores.

Sentimentos desvairados,
exacerbados, exagerados
disparados ao coração
ao clique do dedo.

Fotografia em macro
que revela-se ao toque
na flor da pele
com carinho e ternura.

Em uma imagem fúlgida
congelada, petrificada
de uma aventura insólita
repleta de emoção
guardada na órbita
da lente do meu coração.

(Homenagem ao dia dos fotógrafos)
08-01-2009

Edson Carvalho Miranda
31-12-2008

Um comentário:

Alessandra disse...

...guardada na órbita da lente do meu coração...

Que coisa mais linda de se dizer a alguém, expressar assim o amor, porque é assim que eu interpretei essa poesia, um grito de amor!
Como sempre, Edinho, você conseguiu...fazer transbordar a emoção...parabéns!

Alessandra