quarta-feira, 15 de abril de 2009

A despedida do amor.




Beijos meu sonho!
Adeus minha inspiração,
amor verdadeiro!
Pecado pagão!
Que me consome por inteiro,
com as chamas de volúpia
a ansiedade da cobiça
e os devaneios da paixão(...)

Edson Carvalho Miranda
(14-04-2009)





2 comentários:

Alessandra disse...

Meu amor...lindoooooooooooo!!!!!!!
Beijos

Alessandra

Anônimo disse...

No ruído estrídulo do meu silêncio acalentei a sua solidão.
Cândido ser, insólito, anjo.
A sua fúria inquieta, afoga minha boca, num prazer pródigo.
Suas mãos entrelaçam minha nuca, me jogando em teu corpo quase menino.
Lado a lado sem pudor, o seu cheiro me desfalece.
Brilha meus olhos, ao lhe ver, assim, tão sereno, tão meu.
Só por um instante.

......saudadessss também...você é ótimo.