quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Nua

Vestir-te?
Vestir-te seria um devaneio,
Quero levá-la em meu veleiro
E manter-te nua!
E para sempre com o brilho da lua,
refletir meu sorriso em seu rosto.
Meu prazer no teu gozo!
Simplesmente amar-te para sempre
fazendo da ficção lírica
uma realidade caliente.

Edson Carvalho Miranda
05-08-2009

2 comentários:

Anônimo disse...

Gosto muito do que escreves, não tem como falar que surpreendes, pois sempre espero exatamente essa emoção que causas em mim.

Alessandra disse...

VISTA-ME

Vista-me com um sonho diferente
calmo, mas assim mesmo
urgente...

Desenhe com os dedos o meu corpo
Deixe tua boca deslizar
procurando o teu desejo em mim

Prenda-me com mãos de fogo
não me deixes partir

Sinta a minha pele ardente, a minha sede de ti
meu corpo é um barco sem rumo
no meio da tua maré

Eu quero tudo de ti, até o sol nascer
Pare o tempo, não deixes a noite fugir

Vista-me com um sonho diferente...

Alessandra