terça-feira, 10 de novembro de 2009

Palavras

O que são palavras, perto do que me fazes sentir?
Quando me olha, quando me toca, quando me beija
e de forma silenciosa implora-me
para que te possua.

Nem a mais bela das palavras
A mais veemente das frases
O mais romântico dos verosos
Ou o mais sábio dos livros

Conseguem expressar o que sinto.
A explicação vem do silencio de nossas bocas
Que dá voz aos sussurros de desejo de nossos corpos
E quando essa magia acontece

É aqui entre o silêncio da boca
A paz da alma o frenesi dos nossos corpos
Que eu te toco, te amo!
Amo da forma mais singela, pura e verdadeira

Que um homem ousou amar uma mulher!
Para que servem as palavras se meu corpo
Meu espírito e minha alma passam os dias
A lhe chamar e gritar que te amo.

Edson Carvalho Miranda

2 comentários:

Alessandra disse...

PERDER-ME

Queria perder-me dentro de ti
Deixar que essa loucura me possua
Esse doce desvario que me lança no vazio
Nessa imensidão de sentimentos
Não me importa se me exponho
Se dou vazão ao meu sonho
Quero é construir o meu momento
Desvendar o teu horizonte
Fazer parar o tempo
Na mais mágica sintonia
Quero que percamos a consciência
Ao cairmos nessa chama de desejos
Perder-me nesse amor incontrolável
Saciar tua fome dos meus beijos
Perder-me no fascínio de amanhecer contigo
Nesse prazer que é nosso por direito.

Alessandra

Anônimo disse...

...Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram, mas o mais triste é que, já chamei pessoas próximas de amigo e descobri que não eram. Mas, apesar disso, algumas pessoas, nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim... estão ao meu lado.

É para você....