terça-feira, 10 de novembro de 2009

Sem você

Meu universo virou um grande vazio,
após a sua partida!
Como um porto sem navios.
E por todos os cantos e caminhos
vejo um grande nada no horizonte
apenas um branco risco
de pouca ou nenhuma coerência
onde a tristeza se esconde

Incerteza!

Meu coração é um grande universo,
um universo paralelo
onde te vejo e não me vêem,
onde te escuto e não me escutam,
e te chamo, imploro, grito.

Suplico!

a simples presença
um toque
sou apenas um universo que bate
apenas um coração cheio de vazio!


Edson Carvalho Miranda

Um comentário:

Alessandra disse...

RECORDAÇÕES

Acordo...
Na verdade nem dormi
O que tenho para recordar?
Tantas coisas...
As nossas conversas após o amor
olhando para a lua, a chuva as estrelas
Igualmente felizes, no frio ou calor
Trocando carícias

Não nos importando com o que acontecia lá fora,
as guerras, os problemas do mundo, as pessoas
Com os cabelos soltos eu corria para o leito
mergulhando sorrindo no teu peito
perfumada de amor e de paixão

Uma após outra chegam implacáveis as lembranças
deixo-me raptar por elas e me perco
dançando entre teus beijos

E quando no dia seguinte o futuro torna-se o presente
as recordações fragmentam-se
como migalhas entre meus dedos
como velhos pensamentos
como sonhos leves e débeis promessas

Deixando um gosto quente e amargo
o mesmo gosto das lembranças abandonadas
no meu coração.

Alessandra